FANDOM


Wiki Warpearth >> Cartrefaw


Cruzadas Élficas
Informações Gerais
Duração 41 anos*208 PC até 249 PC
Data 208 PC
Lugar
Resultado Após cinco tentativas, os elfos não conseguem derrotar Britannia. A última cruzada termina em 249 PC
Afiliações Envolvidas
Participantes

As Cruzadas Élficas foram campanhas militares dos elfos de Zephyr contra o império de Britannia, como resposta aos atos de escravidão dos elfos no império. Composta de cinco principais guerras, as cruzadas duraram 41 anos, desde 208 PC até 249 PC. Embora os elfos não tenham tido sucesso na invasão, suas investidas contribuíram diretamente para o enfraquecimento do império e o ataque da Horda Verde em 248 PC, na Guerra de Renekov.

Histórico

Após a Revolução Honovere em 204 PC, o então fundado Império da Britannia passou a tomar uma política mais severa com as demais raças não-humanas, agora pertencentes à classe dos "xenos". Tendo perdido muitos de seus direitos, os elfos e as minorias não-humanas começaram a fomentar o descontentamento com o novo governo. Em 207 PC, o conflito se escalou a pontos extremos com o início de greves gerais e atentados na capital. Em resposta, o imperador mudou as leis da Escravidão, estendendo seu domínio a não apenas prisioneiros de guerra, mas também xenos considerados criminosos ou terroristas. Ao longo do resto do ano, milhares de elfos foram tornados escravos e gravemente abusados pelos humanos. A notícia ao chegar aos conselhos élficos em Ardhuin inflamou os ânimos belicosos dos elfos contra os humanos de Britannia.

Ardhuin convocou um Grande Conselho em 208 PC e foi restaurada a Confederação Élfica, agora incluindo os reinos de Ardhuin, Faradun, Fearanos, Ghealafin e Shinihon (inédito por ser um reino humano, embora os nihonjin fossem considerados meio-elfos entre os elfos de Zephyr.

Poucos meses depois, a primeira marcha foi organizada, contando com guerreiros de todos os reinos participantes da confederação.

Primeira Cruzada (208-211 PC)

A 1ª Cruzada, conhecida como Guerra da Fronteira Vermelha, foi a primeira tentativa de invasão dos elfos de Ardhuin, na liderança da recém-restabelecida Confederação Élfica.

Segunda Cruzada (216-217 PC)

A 2ª Cruzada, conhecida como Guerra Relâmpago, começou tão rápido quanto foi decidida. A segunda tentativa de invasão pela Ponte de Chaddug resultou em grandes derrotas para os elfos, estando os humanos mais preparados para a defesa.

Contra-ataque Humano (217-220 PC)

Após a 2ª cruzada, Britannia juntou suas forças pouco afetadas pela investida élfica e forçou uma entrada em Zephyr no que ficou conhecido como Guerra de Punição. A guerra teve de ser encerrada após os humanos perderem o controle da Ponte de Chaddug para reforços nihonjin.

Terceira Cruzada (228-236 PC)

A 3ª Cruzada, conhecida como Guerra de Nargryn, foi a mais longa e a mais sangrenta das cruzadas élficas. Cerca de 11 anos após o término da criticamente falha cruzada anterior, os elfos da confederação decidiram iniciar uma invasão pelo Estreito de Chlogau, no norte do continente. A campanha teve grandes sucessos no primeiro ano, encontrando pouca resistência na região de Nargryn, até que no segundo ano a resposta de Britannia foi devastadora. A guerra tomou proporções maiores com o apoio de Goidelc no terceiro ano. As lutas se mantiveram equilibradas pelo resto dos anos, até que a utilização desenfreada de magos élficos tenha desencadeado uma warpzone por onde a praga Mecha adentrou Cartrefaw; até o final daquele ano, o espalhamento da praga colocaria fim à guerra para ambos os lados, além de causar o isolamento do golfo de Nargryn

Quarta Cruzada (240-241 PC)

A 4ª Cruzada, conhecida como Cruzada Marítima, foi decidida principalmente por batalhas em alto-mar e defesas nas praias da Britannia. Os elfos sofreram com derrotas em série devido à sua inferioridade tecnológica, perdendo praticamente toda a sua frota.

Quinta Cruzada (246-249 PC)

A 5ª Cruzada, conhecida como Guerra Interrompida, foi a mais bem sucedida das cruzadas élficas. As batalhas chegaram até a capital britaniana, embora o cerco tenha durado poucos dias. Em 248 PC, com a conquista de Renekov pela Horda Verde, os elfos pensavam que enfim tomariam Britannia, porém as garras da Horda chegaram no mesmo ano nas costas de Zephyr. Para evitar deixar suas terras desprotegidas, a confederação assinou um acordo de paz com o império, garantindo uma década de não-conflitos entre as duas nações.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória