FANDOM


Wiki Warpearth >> Cosmologia


Cartrefaw
Características Físicas
Luas Iludarian e Iludwaed
Atmosfera

Ar respirável

Clima

Subtropical e Temperado

Água superficial

Água doce nos rios e salgada nos mares

Flora nativa

Madarch

Fauna nativa

Saurídeos

Características Sociais
Espécies nativas

Elfos e Anões

Espécies imigradas

Humanos, Aelun, Uminos e Devas

Governo

Monarquia, principalmente

Alianças principais

Confederação Élfica, Aliança Imperial, Federação Dévica e a Aliança Squamae

Gentílico

Cartrefeno

Maiores reinos

Ardhuin e Britannia

Maiores cidades

Goedarin, Albion

210895 by cosmorider87.jpg


Cartrefaw pode se referir tanto à deusa élfica quanto ao principal mundo de Warpearth.

Planeta

Cartrefaw é um planeta rochoso que orbita a estrela Seren, no Sistema Khwamthi (de acordo com os registros recuperados na biblioteca de Goedarin). Possuía originalmente duas luas, a prateada Iludarian e a rubra Iludwaed, porém esta última foi destruída durante o Cataclisma, dando origem a um cinturão de destroços.

Cartrefaw é coberto principalmente por oceanos e possui três grandes continentes, embora outrora tivesse um quarto, destruído no Cataclisma. O planeta possui duas principais estações, Inverno e Verão, que duram aproximadamente um ano, com temporadas intermediárias de um ou dois meses entre ambas; essa oscilação climática se deve aos efeitos metafísicos gerados pelo Warpearth (antigos registros élficos descrevem estações mais curtas e menos extremas nas eras anteriores ao Cataclisma).


Continentes

Cartrefaw pode ser dividida em quatro continentes-regiões: Zephyr (oeste), Borethir (norte), Nothur (sul) e Eurinys (leste). Espalhado pela região central, um colossal sistema de cavernas chamado Prestonyr se espalha, garantindo acesso aos quatro continentes, embora muito de sua extensão não seja mapeada e pouco explorada.

Cartrefaw abriga diversas civilizações, algumas nativas como os Dhaoine (elfos) e os Dwergaz (anões), e outras raças forasteiras, que durante o primeiro século após o Cataclisma guerrearam, sucumbiram e conquistaram territórios dos povos nativos e de outras raças estrangeiras. Ao ano de 292 PC, existem vários reinos que possuem supremacia suficiente para se declararem nações, além de regiões inóspitas sem controle político.


Zephyr

  • Ardhuin: reino ancestral dos dhaoine, existente desde a Era Primordial. Ele possui o Conselho de Ardhuin, que governa todos os povos élficos.
  • Faradun: reino élfico dos Faraduin, culturalmente aberto às outras raças. Localizado no nordeste do continente, divide a Fronteira Vermelha com Borethir.
  • Fearanos: domínio élfico fundado pelos clãs mais novos, tornou-se o refúgio das raças forasteiras no continente, antes da fundação de Faradun.
  • Ghealafin: reino élfico dos Ghealduin, nas altas florestas das montanhas Ghealai. Um povo fortemente ligado à sua religião, acreditam que irão receber os "Outros" e ambos sobreviverão juntos ao Segundo Cataclisma.
  • Shinihon: reino humano dos Nihonjin, considerados Meio-Elfos devido à sua forte aliança com Ardhuin. Pouco interessados na guerra de humanos e elfos, têm uma tradição de navegadores e aventureiros, que viajam o mundo em busca de sabedoria e tecnologia.
  • Pravoslav: uma grande cidade independente em torno de um Portão para o submundo de Prestonyr.

Borethir

  • Britannia: império humano de grande potência, dominando o sudoeste. Fomenta uma guerra contra os elfos de Zephyr. A Fronteira Vermelha é o principal ponto de ligação com Zephyr.
  • Nuatha: refúgio multicultural fundado por escravos élficos, na região norte.
  • Goidelc: o primeiro território fundado pelos humanos durante o Cataclisma. Enfraquecido durante a guerra contra a Horda Verde, agora o reino é apenas uma sombra da grandeza de outrora.
  • Bhatriba: recente império squamae belicoso que domina o sudeste. Seu acelerado crescimento perturba a hegemonia de Britannia.
  • Renekov: o mais antigo reino dwergaz na superfície, é caracterizado pela sua filosofia comercial que rege o comportamento de seus líderes e camponeses.
  • Nasleven: grande cidade independente ao redor de um Portão do submundo.
  • Tywyllur: cidadela dos elfos Sidhe, controla um dos Portões do submundo.
  • Rirawin: refúgio montanhoso dos Beorc, delimitando a fronteira do norte explorado. Anarquia e não envolvimento com outros reinos fazem de Rirawin o destino dos párias e exilados.
  • Ermos Árticos: terra de ninguém, perpetuamente envolta num inverno, nunca totalmente explorada. Lendas entre tribos viajantes falam de um exército dos mortos que aguarda o Segundo Cataclisma para despertar.

Nothur

  • Aerien: nave-mãe aelun que flutua nos céus do continente.
  • Teren: colônia aelun que proclamou independência do controle de Aerien.
  • Cidades Livres: complexo de cidades-estado ao norte do Grande Deserto.
  • Ghorma: grande cidade submersa, abrigando um Portão do submundo; a parte externa é dominada por elfos azuros e a subterrânea por elfos sidhe.
  • Rajatan: região costeira do Grande Deserto, habitada por piratas e tribos squamae.
  • Sarajan: ermos dominados por warpzones, a leste do Grande Deserto.
  • Grande Deserto: vasta região sem o domínio de nenhuma civilização, repleta de oásis interdimensionais e warpzones.
  • Pajatin: desolação inexplorada além do Grande Deserto.
  • Nohorvos: grande cidade que outrora guardava o maior Portão do submundo, agora dividida entre os nômades humanos Meerik, anões de Prestonyr e tribos squamae. Conflitos armados e intrigas políticas equilibram o poder na cidade.
  • Heimatreich: complexo de cidades-estado de origem interdimensional na Península Ctônica.
  • Barphet: cidade-fortaleza ao redor de um Portão do submundo, habitada exclusivamente por devas.

Eurinys

  • Antillen: arquipélago das maiores ilhas que sobraram do antigo continente de Eurinys, dominado por uma aliança de guildas.
  • Ilhas Ork: conjunto de dez ilhas vulcânicas tidas como berço dos boghlings.
  • Pegord: domínio boghling remanescente da Horda Verde.


Mares

Cartrefaw possui dois grandes e inexplorados oceanos, o Oceano Vermelho ao extremo leste, e o Oceano Abissal ao extremo sudoeste, com diversos mares entre os continentes.

  • Mar Estreito - um mar de grande importância comercial entre os continentes de Borethir e Nothur.
  • Mar Índigo - um mar profundo, palco de guerras entre elfos azuros e lagac selakons, entre os continentes de Zephyr, Borethir e Nothur.
  • Mar das Mandíbulas - um mar repleto de corais em águas rasas, protuberâncias rochosas envoltas nas névoas e pequenas ilhas, no meio do continente destroçado de Eurinys.
  • Golfo das Ruínas - um mar próximo de Nohorvos, repleto de ruínas meerik.
  • Mar Brúmico - um mar envolto em constante nevoeiro, dificultando sua navegação, a oeste de Shinihon.


Warpzones

Warpzones são zonas de instabilidade dimensional remanescentes do Cataclisma. Nessas regiões, tormentas e desastres naturais assolam milhas de extensão, trazendo inadvertidamente matéria de outras dimensões, como montes, florestas, ruínas e até mesmo lagos, que se chocam caoticamente com a paisagem local, gerando novas geografias. É consenso de todos os povos evitar as warpzones, que não são consideradas passíveis de domínio territorial.

Warpzones costumam ter em média 20 milhas de diâmetro, e sua instabilidade é presente em todo o espaço até uma média de 16 milhas para cima e para baixo da terra. Warpzones podem ocorrer tanto na superfície do mar quanto no fundo, aparecendo inclusive no submundo de Prestonyr.

No último século, poucas warpzones surgiram, e muitas duraram menos de uma década. A mais intensa cessou no começo do primeiro século, causando a devastação de Eurinys e a formação da maioria de seus arquipélagos. Vestígios de sua magnitude podem ser vistos no Maelstrom, um titânico vórtex no meio do mar.


Civilizações

Cartrefaw possuía originalmente apenas três raças maiores: os Dhaoine, os Dwergaz e os Dragões, porém após os eventos cataclísmicos, várias civilizações foram incorporadas ao mundo.

  • Dhaoine: chamados de Elfos pelos humanos, os dhaoine existem em 5 subspécies, os Ardhaoine (Elfos Altivos), os Uisdhaoine (Azuros), os Ghadhaoine (Silfos), os Lasadhaoine (Efrites) e os Sidhaoine (Sidhe). Embora não seja uma sub-raça propriamente, os Banudhaoine, chamados de Elfos Menores, são aqueles nascidos fora de Zephyr e que não possuem a longevidade típica dos elfos.
  • Dwergaz: chamados de Anões pelos humanos, os dwergaz compõem uma única grande raça, apesar de diferenças culturais entre regiões. Uma classificação separa os anões que dificilmente deixam suas terras no submundo (Mirr) dos anões que se adaptaram à superfície (Zemlirr).
  • Humanos: os humanos derivam do mesmo mundo natal, embora de épocas diferentes. Eles se dividem entre os Áuricos, os Caraibes, os Meerik e os Nihonjin.
  • Beorc: mutantes de todas as raças, apresentando traços animalescos.
  • Aelun: humanóides grandes e imponentes de um mundo mais avançado.
  • Squamae: homens-lagarto de variadas sub-espécies, como os kobold, os trogon, os selakon e os bharma.
  • Boghlings: humanóides grotescos de pele esverdeada, divididos em castas que muitas vezes têm pouco em comum. Conhecidos por terem formado a Horda Verde e infestado o mundo durante anos.
  • Devas: seres de aparência exótica, vindos de mundos distantes. Os Akvana, os Indaar, os Tauriz e os Domhanin, embora pertençam à mesma raça, habitavam cada um seu próprio mundo, desconhecendo a semelhança entre si.

Divindade

Asas lg.gif

Símbolo de Cartrefaw

Cartrefaw é também uma deusa do panteão élfico, personificada no próprio planeta. Ela é chamada de Mãe-Terra e rege os domínios da Magia Primal e da Anima. Seu símbolo é o Madarch, uma variedade de cogumelo gigante muito comum em todo o planeta, e seus clérigos são chamados de Druidas.

Cartrefaw é a principal divindade dos elfos e sua tradição tem sido aceita entre os povos forasteiros num ritmo acelerado. Em Ardhuin, ela é adorada como deusa principal e símbolo da própria existência.

Cartrefaw é conhecida também por possuir dois aspectos, um positivo e um negativo. Em seu aspecto mais benevolente é chamada de Deusa-Primal, sendo relacionada à fertilidade e aos elementos da água, ar e fogo. Em seu aspecto mais sombrio é chamada de Deusa-Ctônica, sendo relacionada à decomposição e ao elemento da terra. Seu lado ctônico é associado pelos elfos Sidhe e ela é tida como a Senhora de Prestonyr.

Veja Também

  • Linha do Tempo: um artigo em ordem cronológica com os principais eventos em Warpearth.
  • RPG: um artigo sobre o jogo de interpretação de papéis usando este cenário.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória